Agostinho da Silva x100

February 13, 2006

Hoje fazem 100 desde que Agostinho da Silva nasceu. Ou seja, se estivesse vivo teria 100 anos. Não cheguei a conhecer o homem, mas pelas peças que vi dele na rtp notícias pareceu-me um homem de uma grande sabedoria. E ainda por cima, dizia não se considerar um filósofo.Gostei muito do título de um livro que ele escreveu sobre o Fernando Pessoa. O livro chamava-se Um Fernando Pessoa. Espantoso! Não me admirei nada quando disseram que ele se pirou para o Brasil, espantava-me era que um homem tão sábio aguenta-se muito tempo neste país.

Agostinho, onde quer que estejas, digo-te: gostava de te ter conhecido.


Citação do Dia

February 10, 2006

Passo a citar a minha professora de F.Q. que citou:

“Na Natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.”
Isto para explicar a lei da massa constante, ou lei de Lavoisier, que diz que numa reacção química a massa dos reagentes é igual á massa dos produtos.

Por acaso gostei da frase.Fez-me pensar: No tão complexo sistema de auto e inter sobrevivência da natureza, podemos concluir que tudo neste mundo nasce a partir da transformação de um ser ou objecto que já existia.

Estas aulas de F.Q. no último tempo de Sexta-Feira, depois de um jogo de futebol suado em que a minha equipa empatou no último segundo ( facto que me leva estar apenas de t-shirt, embora estejam 9ºC ) fazem bem à carola.